Traduza para outra Lingua!

terça-feira, 10 de setembro de 2019

PREDADORES SEXUAIS MÓRMONS

Antonio Carlos Popinhaki

Temos aqui imagens divulgadas recentemente de líderes da seita Mórmon brighamita (A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias) que foram presos e processados por abuso sexual. “Que essa pseudo-religião tem parte com o Diabo eu já sabia.” Disse uma pessoa que postou um comentário recentemente nas redes sociais sobre o mormonismo. E para ajudar no esclarecimento desse conceito, eu desafio a qualquer um, quer seja membro ou não do mormonismo, a verificar com olhos racionais a soberba, a opulência e as blasfêmias proferidas por seus líderes, quando afirmam que Deus faz sexo no céu.

Anos atrás eu recebi um telefonema de um líder da organização aqui do Brasil. Ele, que hoje é um Presidente de Missão, mas que já serviu como Setenta-Autoridade de Área tentou me persuadir a voltar ao corpo de membros da seita com argumentos infundados e não convincentes, usando de palavras lisonjeiras e nada racionais. Na ocasião eu disse a esse líder que se Deus existe e se é Deus, então Ele, Deus é um ser muito "burro", pois se o mormonismo é Sua obra, então porque Ele chama tantos “picaretas” para servirem como líderes?

A resposta dele foi que a obra é verdadeira, entretanto, os líderes não o são na sua totalidade. Eu não entendi. Pois, como uma obra pode ser verdadeira dirigida por líderes imperfeitos? Agora, com a divulgação dessas fotos e dos escândalos produzidos recentemente pelas mídias americanas e também algumas mídias brasileiras sobre a conduta libidinosa de bispos e líderes, pergunto aos simpatizantes da seita que a defendem acirradamente: Que Deus chame homens imperfeitos para servirem na sua obra, até posso engolir, mas, por que razão Ele, Deus chamaria criminosos?

Isso é muito vergonhoso. Soube de casos que foram feitos acordos judiciais de elevada monta nos Estados Unidos somente para encerrar o caso de abusos sexuais. E isso é porque a instituição se intitula como “a única igreja verdadeira existente na face da terra”.

Todas as religiões e ou grupos de pessoas que se organizam com fins eclesiásticos, que colocam em suas doutrinas uma forte e rígida “repressão sexual” tendem a ter líderes com comportamentos sexuais desequilibrados. Pedofilia, zoofilia e abusos são constantemente matérias corriqueiras da imprensa. São reprimidos sexualmente por força dos dogmas e depois agem de forma predadora sobre suas “vitimas”. 

Pergunto-vos novamente: Isso é obra de Deus?