Traduza para outra Lingua!

domingo, 11 de setembro de 2011

ISSO ACONTECEU NA MISSÃO RIO DE JANEIRO!



Uma amiga minha aqui de Curitibanos tem um filho que está morando na cidade Macaé, no estado do Rio de Janeiro. Ela me falou que foi visitar seu filho há alguns dias atrás. No domingo, os dois foram visitar a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e se surpreenderam com o número tão pequeno de membros. De acordo com as informações dessa minha amiga, a capela é enorme na cidade de Macaé. Existem duas unidades que a utilizam semanalmente no mesmo horário. Quando uma unidade está na reunião Sacramental, a outra está começando as suas reuniões. Iniciam com as aulas das organizações auxiliares. Assim, podem utilizar a capela simultaneamente.
Por falar na igreja em Macaé, lembrei que tinha salvado, um texto há alguns anos atrás, sobre acontecimentos curiosos ocorridos na missão Rio de Janeiro, nos anos de 1990. Após vasculhar em CDs antigos, os encontrei e compartilho abaixo com os leitores do blog.

“Vou tentar e resumir e desafio qualquer mormonzinho provar que eu tô mentindo. E a Missão RJ Norte não foi a única e nem a primeira. Os fatos ocorreram em 1993. O Pres. (como já citaram anteriormente) chamavam seu missionários batizadores de Guerreiros de Helamã (GH). Ao invés de 2 Assistentes haviam 8, todos motorizados e na maioria dos casos eram os que mais fubecavam. Um deles, antes da Missão transava com a tia, até uma semana antes de entrar no CTM e acabou confessando isso no CTM (ainda ao lado do Templo), mas seu líder, não lembro quem agora, perguntou se ele estava arrependido... e foi para o campo assim mesmo. O cara era o maior fubeca e namorador da Missão. Nessa época, essa Missão batizava cerca de mil pessoas por mês. O Natal de 1993 foi conhecido como “Natal Branco” de tantos batismos. Como eram feitos? Marcava-se jogo de futebol com a molecada de rua e após o jogo, uma palestra rápida, um desafio manipulador e água. Os pais nem ficavam sabendo. Algumas vezes, as pessoas da rua trocavam um prato de comida por um banho na pia batismal... batismo! Em Macaé por exemplo, houve Élderes que para cumprirem metas e não serem humilhados, os safados foram no cemitério e preencheram fichas batismais com os dados dos mortos. Era muito comum encontrar pessoas não casadas legalmente que eram batizadas, crianças com 7 anos, etc. Em duas áreas haviam moças grávidas de missionários. Em quase todas as Alas os Bispos odiavam os missionários. Havia missionários namorando e até transando com sísteres, tanto que depois surgiu uma regra de não poderem almoçar juntos. Missionários indo no cinema pornô no “p.day” também era comum. Ouve desvio de grana do staff, onde estavam envolvidos não só o Pres. da Missão mas também alguns missionários. Havia suspeitas de adultério do pres. da Missão com uma moça de Macaé (perto de Campos), etc. Os missionários que escreviam para a Presidência de Área eram humilhados e rebaixados, pois suas cartas voltavam para as mãos do Presidente. Muitos sofreram nas mãos desse líder. Em janeiro ou fevereiro de 94, após tantas reclamações, a Presidência da Igreja resolveu investigar (pois eles não tinham revelações de Deus para saberem o que estava acontecendo) e aí o salafrário foi excomungado. A ordem era de anunciar nas Alas de que o sujeito teve que sair da Missão para resolver problemas em sua empresa no Interior de São Paulo. Mentiam descaradamente nos púlpitos e os membros sabiam e davam risadas, pois eram tratados como tapados que não sabiam o que estava acontecendo (bem, alguns realmente eram tapados e acreditaram nas mentiras de púlpito). Há outras histórias além dessa aqui do Rio”.

O conteúdo estava publicado na comunidade Ex-Mórmons Brasil no Orkut, no endereço que está abaixo. Eu, antes de publicar o texto, acessei essa comunidade e o tópico correspondente. Para minha surpresa, o texto foi retirado. De qualquer forma, eu tenho uma cópia salva num CD, inclusive, com o nome do autor do texto acima.
Como conhecedor do mormonismo, nada disso me espanta mais. Eu mesmo já havia presenciado acontecimentos estranhos envolvendo missionários e Presidentes de Missão.

Fonte para a elaboração do texto :


Esta página da web não tem direitos autorais! Sinta-se livre para usá-la sem fins lucrativos: Somente peço o referenciamento onde for publicada e enviar-me um e-mail para popivhak@gmail.com - Ao comentar, mesmo que de forma Anônima, devido talvez, você não possuir contas do Google/Wordpress, por favor, coloque um nome ou iniciais, para uma breve identificação.

28 comentários:

  1. vai cagar oh retardado! te expulsaram de lá e fica se achando com esses comentários... vá carpir um lote idiota, apóstata!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse comentário é a prova que os mormóns são intolerantes! Quem se recusar a ser tolo é amaldiçoado por esses seres malignos. Eu conheci missionários assim e quem visita o blog pode ver que membros da igreja sempre atacam o autor.

      Excluir
    2. Esse comentário é a prova que os mormóns são intolerantes! Quem se recusar a ser tolo é amaldiçoado por esses seres malignos. Eu conheci missionários assim e quem visita o blog pode ver que membros da igreja sempre atacam o autor.

      Excluir
  2. Anônimo!

    Esse tipo de linguajar não condiz com uma pessoa que está se preparando pra ser um deus ou uma deusa. Ninguem me expulsou de lugar nenhum. Voc~e deveria me agradecer por eu te mostrar o que é realmente o mormonismo.

    ResponderExcluir
  3. (Via Facebook)

    Edson

    Por favor Antonio Carlos, insira esse meu comentário no seu blog, não consegui fazê-lo via google: O sr. anônimo novamente baixou o nível para com sua pessoa, um desrespeito total, que ele devia ter pelo menos vergonha na cara e procurar conhecer melhor a igreja mórmon e os erros apontados por você em seu blog, do que criticá-lo da forma mais baixa, um linguajar de bandido de cadeia, preconceituoso e desrespeituoso. Pessoas inteligentes falam de idéias sem nunca ofender a moral alheia. Isso mostra que o sr. anônimo é uma pessoa sem educação e que não admite que outros critiquem a religião que ele segue (acho que nem segue direito os mórmons, pois os mórmons pelo que aprendi, ensinam respeito e educação). Esses erros gritantes ocorrem em muitas cidades onde os mórmons tem ramos ou alas. Missionários fubecas infestam todos os lugares, é claro que tem também os bons e ótimos missionários. O apelo para as pessoa se batizarem a troco de um joguinho de futebol ou de uma refeição é a maior baixaria que já ouvi da igreja mórmon, também a apelação de copiar nomes de lápides de túmulos é o maior absurdo. Tudo isso para cumprir metas batismais e buscarem a glória dos homens e não a glória de Deus. Religiões sérias esperam as pessoas se decidirem antes de se batizarem, para assumirem compromissos sérios depois do batismo. Religiões supérfluas, composta por pessoas interesseiras, mentirosas e sem caráter, batizam rapidamente para não perderem o número e não dão importância à alma do converso. Se o chapéu desse meu comentário serve para os mórmons ou qualquer outra religião, seja qual for,então que coloquem o chapéu na cabeça. Deus não está interessado em números mas em almas sinceras e honestas. Deus não vê a aparência, mas o coração das pessoas. Talvez seja por isso que o Rio de janeiro ainda não tenha sido contemplado com um templo mórmon, (os mórmons contemplam uma localidade com um templo quando existe um número razoável de seguidores fiéis), talvez por causa da iniquidade reinante no Rio De Janeiro, isso é o que penso.

    ResponderExcluir
  4. Conheço este anônimo, ele disse-me que postou algo em seu blog e pediu-me para ver, e por isso escrevo algo, e ele não é mórmon para sua informação, ele está com nojo de sua cara, ele relatou-me que anda lendo seu blog, e diz que dá a entender, que tu estás com uma sede de vingança! Mágoas, não é a primeira vez que isso acontece, e com pessoas diferentes, com níveis intelectuais diferentes que dizem a mesma coisa a respeito disso...

    ResponderExcluir
  5. Pedro Henrique Carvalho!

    Mais uma vez gopstaria de enfatizar que não tenho sede de vingança de alguém ou algum membro, mágoas de pessoas da Igreja SUD. Este meu trabalho está quase findando. Não vai demorar muito, talvez até o final do ano ou início do ano vindouro. Atualmente estou muito ocupado com o meu TCC da Pós-Graduação. Mas após a apresentação da Banca que deverá ocorrer em novembro ou dezembro, irei sinteziar todo esse trabalho e transformar tudo isso num livro. É verdade que muitos amigos meus têm me incentivado a continuar de forma contínua com o blog. Por enquanto, o que tenho em mente é isso, de parar na data citada anterior. Mas se porventura, alguns membros da Igreja me importunarem demais, continuarem a me insultar ou denegrir minha imagem, com certeza que continuarei e me tornarei uma referencia nacional contra o mormonismo. Fiz algunhs contatos pela internet com algumas das maiores celebridades americanas que foram membros da Igreja SUD e que agora são escritoras de livros conceituados contra a doutrina. Sandra Tanner e Latayne C. Scott. Tenho a amizade de algumas pessoas que sofreram muito no mormonismo que vivem atualmente nos Estados Unidos, em Portugal e no Brasil. Tudo vai depender do nível de comentários e de debate que os membros se propuserem a escrever no meu blog.

    Pode ter certeza, não sou mais um iludido, o tonto que ficava achando que o mormonismo tinha a verdade absoluta. Não pense que eu pouparei ou usarei de maior brandura com a doutrina. Lembre-se que essa doutrina me prejudicou muito. Ainda bem que saí a tempo de lá. Caso não tivesse saída naquele tempo, com certeza entraria com um processo contra a Igreja porque tenho percebido que muitos amigos meus têm dificuldade para tirarem seus nomes dos registros da Igreja. A solução é simples. Um advogado, um processo por violação da Constituição Federal que diz que o cidadão braasileiro é livre para se associar ou desassociar de qualquer organização religiosa ou não.

    Tem mais. Porque esses membros ou não membros que escrevem palavrões ou besteirol não se identificam ou se mostram?

    Se não conseguem postar um comentário com conta do Google, que façam como minha amiga Juliana, escrevam o texto e dpois escrevam o nome.

    Parecem covardes que têm medo de um bom embate.

    Espero ter me feito entender.

    ResponderExcluir
  6. (Via Facebook)

    Hudson Muzeka

    Bom, eu não sei qual o comentário posto pelo Sr. Anônimo, porém o que o senhor está escrevendo não deixa de ser um desrespeito aos membros da igreja. O senhor está cometendo o mesmo erro do senhor Anônimo. Concordo com o senhor quando o senhor fala que devemos respeitar a fé dos outros, coisa que os senhores não estão fazendo. Quem quer ser mórmon, que seja, quem quer ser católico que seja, evangélico, espírita... estamos num país laico, democrático... Também concordo que Deus leva em conta nossos atos mais do que nossa religião... mas no momento que estão criando animosidades os senhores não podem apelar para os ensinamentos de Deus, pois até onde sei Ele sempre pregou para sermos mansos e humildes de coração... vale a reflexão...

    ResponderExcluir
  7. de fato Jesus sempre pregou pra gente ser mansa e humilde. mas a igreja'mormons com suas doutrinas mentirosas engana muita gente e diante das mentiras do mormonismo nao podemos ficar sem falar nada, porque toda mentira é pra ser combatida!
    '
    esse blog com certeza é fruto das influencias do espirito santo!

    '

    ¨ ¨ Juliana

    ResponderExcluir
  8. (Via Facebook)

    Edson

    Hudson, observe bem: os comentários do blog do Antonio Carlos são subjetivos e nunca cita nada de pessoas e nomes, apenas aponta erros doutrinários. Não vejo nada de pessoal, nada que possa ofender pessoa ou pessoas nos comentários dele. O blog destina-se a mostrar a verdade no conjunto de idéias, doa a quem doer. As discussões são em torno de idéias e de doutrinas nunca no lado pessoal.

    ResponderExcluir
  9. com certeza aquele primeiro post agressivo é coisa de algum mormon... so os mormons usam de palavras sujas pra defender as mentiras doutrinárias da igreja'mormon!!!!!!!!!.



    '


    ¨ ¨¨ Juliana

    ResponderExcluir
  10. Pra chamar o Antonio de apostata so pode ser mormon, e que linguajar!

    Eu nao julgo esse anonimo porque um dia fui como ele, defendia a igreja e tudo que se relacionava a ela, com uma diferenca, meus pais "apesar" de nao seguirem nenhuma religiao me educaram, nunca precisei baixar meu nivel pra ser ouvida ou compreendida.

    Acho tanta graca os mormons iludidos fazer caso por um blog que so tenta mostrar a verdade. Um dia nao so esse anonimo mas muitas outros mormons conseguirao enxergar a armadilha que cairam.

    ResponderExcluir
  11. (Via Facebook)

    Olavo Dos Santos Martins

    É, o triste é ter que reconhecer que essas histórias são "verdadeiras" e não falácias. Gostaria que fossem mentiras. Mas, infelizmente, não o são...

    ResponderExcluir
  12. Caro Antonio,

    Fiquei sabendo desse caso através de um conhecido que fez missão naquela época e lugar.Te digo que os métodos podem ter mudado mas a competição entre os presidentes de missão continua.Eu conversei com um viciado e morador de rua que foi batizado. Esse fato,entre muitos outros,aconteceu na missão Brasília.E o que aconteceu com esse presidente de missão?Foi promovido e hoje mama nas tetas da igreja.Tem um emprego no quorum dos setenta.

    ResponderExcluir
  13. Esqueci de uma coisa:Quase a totalidade dos batismos desse presidente afastaram-se da igreja.
    É óbvio que ele só estava interessado em enviar "bons números".Com a sede da igreja nunca se preocupou verdadeiramente com a qualidade dos seus batismo, ele passou a falsa idéia de que nunca antes na história da missão Brasília se batizou tanto.Ele fingiu que estava batizando pessoas realmente convertidas e a igreja fingiu que acreditou.Durma-se com um barulho desse.

    ResponderExcluir
  14. bom.. cada um tem sua religião e eu respeito a de todos, por mais que nem todas sejam verdadeiras tem pessoas boas ensinando coisas boas, e pessoas fiéis aprendendo a ser alguém na vida. Se em tal igreja ter uns e outros "desviados" é problema deles, ninguém precisa seguir o jeito errado que alguns tem, mas é cada um por si fazendo o que deve achar correto.

    gabi

    ResponderExcluir
  15. Então...o Nome desse presidente era "Barreiro" era um paraguaio que morava em São Paulo (Campinas) há vários anos;Servi nessa missão, não com esse presidente, cheguei com o que colocaram no lugar dele e sofri com companheiros guerreiros, com a má fama que tinhamos nas cidades pequenas e até com avós perguntando quando os pais missionários iriam voltar para conhecer seus filhos...Não sai da Igreja por causa disso e vivi o que estou falando, posso falar com essa autoridade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esclarecendo: o tal presidente é uruguaio, ele já foi "absolvido" e voltou para igreja; Ele não morava em Campinas, mas em Rineirão Preto.

      Excluir
  16. No comentário que diz "vai cagar", não sabemos se é de membro certo?

    ResponderExcluir
  17. Antonio,

    Não dá pra dizer que o 'mormonismo' é falso porque um certo Presidente incauto de uma específica missão cometeu essas atrocidades. Este foi um irmão inconsequente, que foi excomungado, junto com seus devassos lacaios; como a lei da Igreja determina.

    Seria o mesmo que dizer que aquela escola de Realengo não presta, pois todos que estudam lá tornam-se assassinos seriais. Foi um único caso, que não determina que a escola forma assassinos.

    Não generalize, na verdade você não pode generalizar, pois para isso você precisaria relatar os acontecimentos nas outras Missões no Brasil, coisa que você não vai fazer, pois os acontecimentos das outras missões não denigrem o nome dela, como você precisa que seja para sustentar sua ideia do blog.

    Nenhum missionário nem Pres. de Missão é ensinado a se portar desta forma, e você sabe disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc fez Missão onde? e quem é vc para querer calar a boca do Irmão Antonio..Voce não sabe é de nada, esta cego, so quero que vc Saiba que eu servi nesta Missão, nas duas Rio de Janeiro e posterior Rio de Janeiro Norte. Procure realmente saber a verdade.E se quiser saber eu te digo, sem briga, na paz, por que pelo jeito vc é raivoso como muitos Lideres são.ate logo. Jonas Viotto

      Excluir
  18. Eu não sei dessa estória, mas uma coisa eu sei:
    Muitos missionários do meu grupo de CTM foram pra missão rio de janeiro e eu me lembro de ter recebido uma carta de um missionário do meu grupo que falava sobre os guerreiros de helamã.

    ResponderExcluir
  19. Eu convido a todos que se acham combatendo contra a Igreja de Jesus Cristo, o se ajoelharem ante Deus e orarem, perguntem a Deus com um coração sincero e real intenção, se o Livro de Mórmon é verdadeiro. Não peço para que acreditem em mim, pois sou um homem e um pecador. Mas, perguntem a Deus se o que vocês estão fazendo está certo. Em todas as dispensações do Evangelho os verdadeiros seguidores de Cristo foram perseguidos ferozmente, cuidado para que vocês não achem lutando contra Deus. Lembrai-vos do conselho de Gamaliel. Estudem as escrituras e orem a Deus e saberão por vocês mesmo que, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é o Reino do Senhor Restabelecido na terra em preparação para a segunda vinda do Senhor Jesus Cristo. Exorto-vos a orar e ler as Escrituras! Busquem a DEUS e não a homens. Oro por todos vós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já nos ajoelhamos por anos consecutivos e nunca obtivemos uma resposta convincente. aliás, pensamos ter uma resposta, mas era um engano, uma auto-sugestão em nossas mentes. Retribuo o convite e encorajo-o a ser mais racional, buscar informações sobre o mormonismo em outras fontes que nãos as da igreja. Se assustará quando descobrir que esta igreja, na verdade é uma seita que praticou assassinatos e derramamento de sangue no passado. Veja o filme inteiro: http://www.youtube.com/watch?v=RX7soxWp3_A

      Excluir
    2. A resposta que eu recebi foi que essa igreja é falsa e só quer o nosso dinheiro, a liderança olha para um pesquisador que visitam a capela e enxerga $$$$$$ uma oportunidade de sugar todo nosso dinheiro.

      Excluir
  20. Antônio, eu servi nessa missão e posso confirmar tudo o que escreveu, fui Elder Spadari, o primeiro secretário financeiro do Presidente Barreiro, depois fui assistente. Pedi para me rebaixar e voltar a ser missionário sem cargo, pois apenas queria servir e eu não concordava com seu sistema. Eu quem descobri suas falcatruas financeiras no mandado 3º sec financeiro . Passei madrugadas no escritório documentando tudo pois sabia que assim a igreja faria alguma coisa. Elder Hilam, quorun dos Setenta sabia das coisas no lado espiritual/ batismos errados e erros dos missionários mas fechava os olhos. Só com o problema financeiro eu sabia que tirariam ele, pq a igreja não tolera que lhe roubem. Mandei um dossie para Salt Lake aos cuidados do controller financeiro da Ámerica Latina. Poucos dias depois veio uma auditor do escritório de SP, mais uma semana e o presidente foi mandado para casa. Como vc, tb sai da igreja, não fui excomungado, sempre fui membro fiel e foi lendo no livro de mórmon que adão caiu para que os homens existam e para que tenham alegria que percebi que não estava feliz na igreja, passei por uma grande depressão mas consegui me livrar de 25 anos de doutrinas erradas. Parabéns e obrigado pelo site!

    ResponderExcluir
  21. A Igreja é verdadeira, só não da pra controlar as ações de alguns membros que vacilam. Tenho 17 anos ee membro servi missão em Fortaleza. A respeito do caso em Brasília do presidente de missão moro aqui e fiz divisão com missionário naquela época e o método do presidente de missão era uma piada só batizar não importando quem.

    ResponderExcluir
  22. A Igreja é verdadeira, só não da pra controlar as ações de alguns membros que vacilam. Tenho 17 anos ee membro servi missão em Fortaleza. A respeito do caso em Brasília do presidente de missão moro aqui e fiz divisão com missionário naquela época e o método do presidente de missão era uma piada só batizar não importando quem.

    ResponderExcluir