Traduza para outra Lingua!

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

COMENTÁRIOS DE EX-MÓRMONS!

Este texto foi elaborado a partir de alguns comentários recebidos no blog. Disseram que que eu e os demais que me ajudam focamos somente aspectos negativos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Eu confesso que gostaria que fosse diferente. Que ao invés de mostrarmos um lado um tanto “sombrio” da entidade, pudéssemos mostrar e confirmar o que de fato é ensinado aos membros, nas diversas reuniões e aulas promovidas cotidianamente nas capelas e templos da organização SUD.
 A Igreja se auto-proclama perfeita, incorruptível e a única verdadeira existente na terra. Essa Igreja deveria ser ao menos diferente das demais, que o mundo Mórmon, incansavelmente, diz que não possuem autoridade divina. O mormonismo deveria possuir líderes do alto escalão mais qualificados, doutrina infalível, à prova de qualquer comprovação científica, sem erros e sem mentiras.
Quanto à qualificação da liderança, explico o seguinte: Acho isso extremamente assombroso! Como que mais de cem homens, que estão à frente da Igreja, a maioria com doutorado, não podem entrar num consenso e mudarem alguns pontos da doutrina aos demais membros? Digo isso, no sentido de que eles sustentam erros grotescos do passado Mórmon. Endeusaram Joseph Smith Jr., colocando-o num pedestal, que fica na mesma posição que Deus e Jesus Cristo. Ensinam que todos terão que ser julgados por Joseph Smith Jr. Isso, antes de supostamente podermos galgar alguma posição, numa hipotética vida futura. Sustentam as inverdades do Livro de Mórmon. Afirmam que ele é correto, mas não provam isso em nenhum ponto. Entretanto, apesar de tentarem empurrar goela abaixo aos membros, de que não necessitam de provas para comprovar a veracidade do Livro de Mórmon, empenham-se em pesquisas, meio que às escondidas dos membros, como o Neal A. Maxwell Institute for Religious Scholarship. Esse Instituto de Pesquisas funciona com pessoas pagas, que estão empenhadas em provar algo, que o mundo científico afirma ser uma fraude, o livro de Mórmon. De tempos em tempos aparece aqui no blog, textos traduzidos a partir de funcionários deste Instituto. Nenhum com credibilidade científica, mas com muita credibilidade literária! Gostaria que achassem uma prova do livro de Mórmon, mas até agora ninguém achou uma única moeda sequer.
Uma igreja que possuir um certo grau de perfeição na sua doutrina pode ser considerada uma boa igreja, mas uma liderança não deve se vangloriar de que sua igreja seja a única existente na terra. Nem falar mal de outras doutrinas. Aí entra a soberba e sai a humildade. Com certeza, a igreja Mórmon não é a igreja verdadeira edificada aqui na terra. Para nos tornarmos pessoas melhores, não precisamos encontrar-nos corriqueiramente dentro de uma igreja.
Querer ser honesto e correto em ações deve fazer parte da vida intrínseca de cada indivíduo. Isso faz parte da moral e da ética.
Todos sabem que a liderança (alto escalão) da igreja Mórmon de hoje possui muita soberba e que não são nada humildes. Eu conheci pessoalmente alguns deles. Os demais que não conheci estão fechados e unidos num consenso, então são iguais aos que conheci. Se auto-proclamam “testemunhas especiais de Cristo. Na verdade, fogem das pessoas, como o rato foge da coruja à noite. Thomas S. Monson não é encontrado nas ruas de Salt Lake City. Por que será que ele anda extremamente maquiado e disfarçado? Para não ser reconhecido pelos membros? 
Os líderes Mórmons ensinam dentro das capelas, que a igreja é a única verdadeira da face da terra. A única que contém a plenitude do evangelho eterno (livro mórmon). Ou seja, um evangelho pleno e perfeito. Se isso fosse verdade, então a igreja deveria anular totalmente a bíblia. Seria mais sensato, e segundo Joseph Smith Jr., todas as outras igrejas são CORRUPTAS e ABOMINÁVEIS, portanto: partindo desse ponto de vista, essas igrejas têm todo o direito de cometerem iniquidades. Mas será que a "igreja verdadeira" tem o mesmo direito de cometer esses erros que cometeu no passado? Doutrinas criadas sem contexto bíblico, consideradas por eles mesmos, como INFALÍVEIS e ETERNAS, mas que depois foram mudadas? Pode alguém intitular-se profeta e depois errar em suas "revelações” como ocorreu no passado?
Uma coisa é mudar conscientemente, admitindo estar errado e justificando a mudança. Outra, é mudar por força ou pressão  das leis do Estado.

7 comentários:

  1. Gostaria de iniciar meu comentário dizendo que quem procura por Deus deve procurar dentro de sí próprio, não vai encontrar em nenhuma igreja mas sim olhando para o interior da própria pessoa.
    Em segundo lugar é muito fácil para um ser humano despertar para a loucura mórmon e se desligar disto, basta a pessoa desencanar da probabilidade de ele próprio ser um líder da igreja pois ao meu ver é apenas isso que move o imaginário dessas pessoas que seguem essa igreja. Eles negam até o fim da vida mas a verdade é só uma, todos os membros homens sonham em ser bispo, presidente de estaca, presidente de missão, 70 etc, e ser reconhecido como líder, é isso que move as mentes destas pessoas, e as mulheres querem ser esposas dos líderes. Só pensam em MATERIALISMO. tudo isso significa estato e dinheiro. É realmente muito triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Este é o pensamento dos membros da Igreja. Os homens almejam cargos e posições em que serão reconhecidos como líderes. Na maioria das vezes eles trabalharão de forma voluntária, serão cobrados por metas absurdas e inalcançáveis.

      Essa gana pelo poder faz com que muitos possam continuar por anos dentro do mormonismo, caso contrário, o futuro como membro da Igreja n~/ao será muito promissor.

      Há uma competitividade entre os bispos, presidentes de Estacas, missão e setentas. A soberba fala mais alto. A humildade é nula ou inexistente dentro das características inerentes aos líderes do mormonismo.

      Excluir
    2. É verdade que os pastores mórmons estão longe do rebanho.São executivos da fé,homens demasiadamente ocupados com os negócios da igreja.As autoridades gerais da igreja só são vistas na liahona,parece até que não gostam de povo.Quando são vistos em reuniões publicas são aqueles que botam colares coloridos numa distante ilha do pacífico.No brasil raramente aparecem.Me lembro que um apóstolo numa reunião em salvador BA ao término de uma reunião se negou a cumprimentar os membros.De acordo com os lídres locais teve uma revelação,um mal pressentimento e deu no pé deixando todos a ver navios.

      Excluir
    3. Gostaria de dizer que nosso amigo aí, talvez desejasse o tempo todo um cargo maior e talvez como não consegui se frustrou. Nunca percebi este jogo de poder desta maneira, se somos executivos, somos sim, porque executamos um trabalho incessante e todos tem uma função dentro da igreja, sem hierarquia, a não ser por pessoas como Carlos que talvez tenha executado dew forma não esperada por ele e pela igreja em si, não posso julgar, mas ai tem coisa.Fácil acusar a igreja e ficar imune de suas culpas ou omissões.Tudo é uma questão de pontos de vista de cada um. Mas nunca vi soberba, pelo contrario, cada cargo é uma evolução para outro e de muita responsabilidade, e muitos tem medo de não dar conta, mas a fé sobrepuja as inseguranças e vencem, realmente com perseveraçaão

      Excluir
  2. eu sinto penas de vcs, sinto mais pena dessa pessoa que negou o Senhor !!

    ResponderExcluir
  3. Não adianta criticar os Mórmons ou tentar mostrar provas Científicas de que o livro de Mórmon não é verdadeiro, eles tem muita fé, a maioria nasceu na Igreja e dizem sentir que todas essas coisas são verdadeiras. O que deve ser feito é tratá-los com carinho e amor, mostrando através da Bíblia que somente o sacrifício de Jesus pode nos salvar e não uma Igreja cheia de religiosidade e farisaísmo e que Religião nenhuma tem poder pra salvar o homem, somente Jesus pode libertar e salvar o homem.
    O coração é enganoso e não se pode negar o que Jesus já disse, na Bíblia são palavras suas e não há como renegá-las.

    ResponderExcluir
  4. Interessante como as pessoal julgam sem nem ao menos procurar conhecer sem uma visão crítica negativa. Sou membro e sei que verdadeira, sei que a Bíblia é verdadeira pq perguntei a Deus e da mesma foram fiz com o livro de mormon, em nada se contradizem, pelo contrário um testifica do outro. As pessoas dizem acreditar na bíblia mas nem ao menos a lêem direito, e mt das vezes somente acreditam na bíblia pq a sociedade diz ser verdadeira, ou seja se tornou uma tradição. Busquem primeiro conhecer e não julgar e se estiverem dispostos a Igrejá estará pronta para recebê-los com carinho. Sou feliz por ser mormon. E ahhh não adoramos Joseph, ele foi apenas um profeta da mesma forma como os profetas antigos...Deus não muda ele é o mesmo ontem, hoje é para sempre e vai continuar chamando profetas vidente e reveladores...a igreja se chama igreja de Jesus Cristo dos santos dos últimos dias, portanto a igreja e não minha nem de Joseph. Abraços.

    ResponderExcluir