Traduza para outra Lingua!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

HISTORIADOR ABANDONA O MORMONISMO!

Recebi hoje um email de um historiador, que diz gostar de ler blogs sobre o mormonismo. Espero que este meu blog possa ter o mesmo efeito, que outros blogs já demonstraram ter sobre alguns membros do mormonismo.
Eu no fundo acredito nisso! Um membro da igreja, após ler o que está publicado nos blogs de ex-Mórmons, não vai encarar a doutrina da mesma maneira como sempre a encarou.
O nosso trabalho não é agradável aos membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias - SUD, da Comunidade de Cristo (reorganizada) - RSUD, dos Mórmons Fundamentalistas – FSUD. Isso é notório! Mas fazer o que? Depois de todo o estrago que a doutrina fez em nós, por longos anos, não temos mais nada de melhor para fazer a não ser divulgar o que aprendemos depois que saímos da Igreja.
  
Olá Antonio Carlos!

Meu nome é (xxxxxx), gostaria que publicasse meu "testemunho" no seu blog, porem só peço que omita meu nome.
Batizei-me na Igreja com 15 anos de idade. Na época, já buscava uma religião e sempre me perguntava: Por que os milagres e aparições de anjos, bem como a existência de profetas não aconteciam mais?
Então conheci os missionários e gostei de tudo o que me ensinaram: um profeta vivo, uma única igreja verdadeira, respostas para questões como "porque estamos aqui?" "para onde vamos?" Enfim, preencheu todo o vazio do meu ego, principalmente por saber que eu era um "escolhido” de Deus na pré-existência.
Contei os dias para que pudesse ir para a Missão, e foi um tempo realmente muito bom... Diverti-me bastante e naquela época achava que com 19 anos tinha respostas para todas as questões da vida!!
Quando terminei a missão, me casei com uma mulher maravilhosa (membro desde que nasceu) e nos selamos no templo.
Durante todo esse tempo, meu testemunho era inabalável, eu já havia lido todos os livros da igreja em português.
Porém, em 2008 comecei a fazer faculdade de História, e como todo apaixonado por Historia resolvi estudar mais a fundo a historia da igreja. Dessa vez, com um olhar de um historiador, foi quando descobri o blog da “Investigadora” e o blog “A verdade SUD”. Devorei todo o conteúdo deles, enquanto meu testemunho diminuía cada vez mais. Isso foi no carnaval de 2010. Na época fiquei sem chão... Um pouco revoltado! Tudo o que fiz e me esforcei, se baseava numa mentira???
Conversei exaustivamente com minha esposa, que para minha surpresa, não se abalou com minhas descobertas. Porém chegamos à conclusão de que apesar de tudo, gostamos de frequentar a igreja e todo nosso circulo social está na igreja... Porém hoje, não tenho mais nenhum chamado e encaro a igreja como um lugar agradável, com bons amigos e gostaria que meus filhos aprendessem os princípios de cuidar bem do corpo e fazer o bem ao próximo!
Hoje sou muito feliz por ter me libertado de uma doutrina opressora, alienante e megalomaníaca (Me tornar um Deus e ter várias esposas??? Não... Obrigado!!!!!!!)
 Grande abraço!!!!!!!!!!!

Eu, com certeza, não criaria meus filhos dentro da Igreja Mórmon! É um perigo o que fazem com as criancinhas desde o berçário. Ensinam elas que existem profetas vivos. Que devem crescer e pagar o dízimo e que a Igreja é a única verdadeira existente em todo o mundo. Ensinam que todas as demais religiões não são certas e que são más (1 Néfi 14:10)¹. Ensinam as crianças que o livro de Mórmon é o livro mais correto da terra, só que não tem nenhuma prova científica (história, genética, arqueologia e antropologia) para comprovar isso. Dizem que não precisarão de provas e que a fé é mais do que suficiente.
Então meu amigo, gostaria que pudesse rever essa sua decisão.  Cuidar bem do corpo e fazer o bem ao próximo pode ser ensinado em casa e não há necessidade de igreja ou doutrina alienante para isso. Além do mais, se a igreja não serve para você e tua esposa, porque serviria para teus filhos? Mas cada um é cada um. Eu não sou o dono da verdade. Apenas mostro o que aprendo.
 Outro grande abraço!
¹ Eis que não há mais do que duas igrejas; uma é a igreja do Cordeiro de Deus e a outra, a igreja do diabo; portanto, quem não pertence à igreja do Cordeiro de Deus faz parte daquela grande igreja, que é a mãe de abominações; e ela é a prostituta de toda a Terra.

4 comentários:

  1. Gostava de dizer ao anônimo que é quase impossível voltar a ser o membro que era antes, uma vez que foste pesquisar o passado da SUD e certamente deves ter encontrado muitas coisas obscuras como prática da poligamia, racismo e declarações terríveis de antigos presidentes da SUD, que aliás tem feito tudo para que isto não chegue ao conhecimento dos membros(já postei um discurso de um dos presidentes que falava exatamente isso) para estes não questionarem a "igreja verdadeira" e sua "doutrina".Portanto é bem provável que não consigas mais obedecer cegamente sem questionar, fator fundamental para ser um membro "fiel".

    ResponderExcluir
  2. Pode se encontrar erros em todas as religioes. Pode se encontrar pessoas ruins e doutrinas ruins em cada uma. Sei que a doutrina que a Igreja Mormon esta pregando AGORA e inspiradora para as pessoas. Pregam caridade, honestidade, e esperanca na vida. Tentamos trilhar o caminho de um Jesus Cristo, um homem perfeito. Leio muito das doutrinas obscuras e erros na organizacao, mas nao vejo problemas na Igreja Mormon que outras nao tem tambem. Essas doutrinas nao me distraem do fato que nas reunioes da Ala que frequento, vejo pessoas tentando ajudar outras pessoas. Vejo lideres tentando inspirar as pessoas a viver uma boa vida. Tem feito uma grande mudanca em minha vida e sou grato pela Igreja.

    So quero que voces possam ver o valor nisso. Parece que voces focam SO nos aspectos negativos da organizacao. Tem muito na Igreja a valorizar.

    (Desculpe-me pelos erros, sou norte americano)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Connor Carpenter!

      Não é que nos focamos apenas nos aspectos negativos da organizaçõa. Você não acha que a Igreja que se auto-declara perfeita e a única verdadeira deveria ser ao menos diferente das demasi? Deveria possuir líderes mais qualificados, doutrina infalível, à prova de qualquer comprovação científica, sem erros, sem mentiras.

      A igreja que posssuir perfeição será uma boa igreja. Mas com certeza a igreja Mórmon não é a igreja verdadeira. Pessoas boas existem em todos os lugares, não precisa estar dentro de uma igreja para ajudarmos uns aos outros.

      Querer ser honesto e correto em ações deve fazer parte da vida intrínseca de cada indivíduo. Isso é da moral e da ética.

      Não sei nada sobre você, mas gostaria que continuasse lendo o blog.

      Um abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir
  3. caro amigo Connor, todos sabemos que a igreja HOJE tem todas as coisas boas que você falou, mas esquecestes de uma coisa: a igreja se diz a única verdadeira da face da terra e que contém a plenitude do evangelho(livro mórmon)ou seja um evangelho pleno e perfeito,se isso fosse verdade, então a igreja deveria anular totalmente a bíblia, seria mais sensato,e segundo joseph smith todas as outras igrejas são CORRUPTAS e ABOMINÁVEIS, portanto:partindo desse ponto de vista, essas igrejas tem todo o direito de cometerem iniquidades,mas será que a "igreja verdadeira" tem o mesmo direito de cometer esses erros que cometeu no passado?doutrinas criadas sem contexto bíblico consideradas por eles mesmos como INFALÍVEIS e ETERNAS mas que depois foram mudadas? pode alguém intitular-se profeta e depois errar em suas "revelações"como ocorreu no passado?

    ResponderExcluir